Notícias

    Soft Skills no Ramo Empresarial

    Enviado por prounicenter em 20. Abril 2021 - 12:17

    Soft Skills no Ramo Empresarial

    No mercado de trabalho atual é tão importante escolhermos a empresa certa como essa empresa escolher a pessoa certa. É essencial que uma empresa procure uma vantagem económica no mercado em que se insere e isso não está única e exclusivamente ligado com aspetos financeiros, aliás, o aspeto financeiro surge, acima de tudo, por quem implementa, desenvolve e sustenta uma empresa no mercado e essas pessoas são os seus colaboradores.

     Posto isto, é essencial perceber que nem sempre os colaboradores chegam às organizações com todas as competências necessárias para desempenhar a sua função. Por isso, muitas vezes, as empresas precisam de implementar mecanismos para treinar, capacitar e desenvolver nesses colaboradores as competências que eles necessitam diariamente.

    Aqui entramos no campo mais importante para qualquer pessoa e qualquer empresa, o desenvolvimento de competências, as chamadas soft skills, elas permitem que uma pessoa se torne apta a exercer um determinado cargo ou função no tecido empresarial que irá com isso conseguir uma vantagem competitiva no negócio.

    Podemos então concluir que se torna crucial entender o perfil de competências de um colaborador por duas razões, retirar o melhor que esse colaborador pode fornecer e proporcionar a essa pessoa a possibilidade de crescimento pessoal e profissional dentro da empresa. A gestão de competências é tão ou mais importante que uma boa gestão financeira, proporcionando uma série de benefícios quer para a empresa quer para o colaborador.

    gestão de pessoas por competências tem por base o saber que competências existem na empresa, a criação de ferramentas que levem ao desenvolvimento daquelas que estão em falta, o recrutamento e seleção de candidatos estar vocacionado para perfis que integrem essas competências em falta na empresa e a criação de recompensas para quem conseguir atingir os objetivos traçados. Este tipo de mapeamento do tecido empresarial, se assim o quisermos chamar, implica que o treino com os profissionais vai ser menor pois já foram selecionados aqueles que estão de acordo com o perfil de competências desejado e, por conseguinte, uma maior estabilidade da equipa de trabalho visto não ser necessário um recrutamento constante. O maior ganho verifica-se no valor real que essa equipa de profissionais irá trazer, com uma maior produtividade, confiança e sentido de missão que qualquer outra. Fica ainda mais simples avaliar o porquê de determinados resultados não estarem a aparecer se esse for o caso pois acaba por ser simples encontrar as lacunas, ou seja competências em falta, que sejam essenciais para o desempenho da função.

    No fundo, o modelo de gestão por competências é muito mais do que apenas mapear os conhecimentos, habilidades e atitudes que a empresa precisa e pede aos seus colaboradores. É, sobretudo, uma forma de abranger também o processo de seleção e recrutamento, além de exigir o desenvolvimento contínuo e personalizado dos colaboradores que dessa empresa fazem parte.

    César Teixeira

    Publicado em: 
    20. Abril 2021

    Conhecimentos, Habilidades e Atitudes

    Enviado por prounicenter em 1. Abril 2021 - 16:56

    Conhecimentos, Habilidades e Atitudes

    No mundo atual, é notória a necessidade e mais-valias da educação pessoal. Um indivíduo investe nas suas qualificações de forma a ser mais competitivo no mercado de trabalho e a conseguir executar as suas funções profissionais mais eficientemente. Mas apenas mais recentemente se foi desenvolvendo a mesma mentalidade no que toca às organizações. Cada vez mais, não só é relevante cada pessoa individual aprender e desenvolver as suas capacidades, como também as pessoas coletivas desenvolverem métodos e estratégias para atingirem o seu potencial.

    Marcas como a Pro Unicenter focam-se nas organizações como um todo, reconhecendo que o sucesso resulta de encontrar as pessoas cujas competências e valores encaixem em cada contexto profissional, dar-lhes as ferramentas para estarem em constante evolução, e ao mesmo tempo analisar de que maneira estes indivíduos interagem dentro da própria organização e como se ajustam às suas funções.

    Comparando com métodos de gestão mais tradicionais, a maior diferença é a análise das competências ideais para a melhor execução das tarefas, e não apenas dos resultados. No fundo, é olhar para o caminho que se quer percorrer, para além de onde se quer chegar. No entanto, os conhecimentos, habilidades e atitudes destes indivíduos não podem ser analisados de forma isolada, visto que estão encaixados num contexto que necessita que se relacionem com os conhecimentos, habilidades e atitudes dos demais colaboradores.

    A organização é composta por todos os indivíduos que para ela contribuem a cada momento, pelo que os fatores de sucesso não estão apenas relacionados com os resultados individuais de cada um, mas pela influência recíproca entre as capacidades de todos os seus elementos. Isto significa que a questão essencial é de que maneira os valores, motivação e comportamentos de cada pessoa se relacionam com os processos e necessidades da empresa como um todo.

    O foco torna-se, então, em identificar os possíveis meios de ação da organização para colmatar o hiato entre o objetivo e a capacidade atual. A ênfase é reforçada no desenvolvimento das competências essenciais a cada função e no seu enquadramento na organização como um todo, significando que existe uma adaptação de cada colaborador aos conhecimentos, habilidades e atitudes necessários para o sucesso individual e coletivo.

    Tomás Ribeiro

    Publicado em: 
    1. Abril 2021

    Ser líder: a importância de investir em nós

    Enviado por prounicenter em 20. Março 2021 - 12:58

    O trabalhador deve crescer com as exigências

    Com o passar dos anos, as exigências no universo do trabalhador têm vindo a aumentar de forma significativa, muito por culpa do clima de mudança constante no qual vivemos. Todos os dias, métodos antigos são abandonados e substituídos por outros que primam pelas novas tecnologias, por novos métodos e técnicas que têm como objetivo principal aumentar a produtividade e a eficácia no trabalho.

    Estas exigências, tal como defendem Kitsantas, Reisner e Doster (2004), levam à extrema necessidade de “aprender a aprender”, ou seja, reconhecer a mudança à qual estamos todos sujeitos hoje em dia, definida pelo seu caráter tecnológico, e abraçar o facto de que o fluxo de informação é infinito. Sendo assim, torna-se fundamental não só saber fazer, como também aprender como fazer, ensinar e formar.

    Daí ser importante adotar uma mentalidade que permite manter um maior grau de recetividade a novas aprendizagens e conhecimentos, independentemente do estatuto exercido por parte de um trabalhador numa empresa ou instituição. Tal como já dizia Benjamin Franklin, “um investimento em conhecimento sempre presta o melhor retorno”.

    A importância das soft skills

    Sendo assim, o processo de desenvolvimento de competências deve ser contínuo, e realizado com o objetivo de garantir e justificar a aposta em nós próprios. Como é que nos podemos diferenciar das centenas e centenas de pessoas localizadas no mesmo ramo organizacional? Entre outros aspetos, a resposta passa pelas nossas habilidades comportamentais: as soft skills.

    Muitos dizem que a capacidade de liderança é fundamental para gerir uma empresa, uma equipa, mas na verdade, esta é apenas uma das competências que deve ser adotada de forma a distinguir um chefe de um líder, ou melhor, um exemplo a seguir. Gerir o tempo de trabalho de forma a encontrar um equilíbrio perfeito entre produtividade e eficácia, ser assertivo nas nossas tarefas e funções, saber não só comunicar, como também cativar, motivar, negociar, persuadir... Estas são as técnicas que irão separar um bom profissional, daquele que ambiciona atingir a excelência, e adquirir o estatuto de exemplo a seguir.

    Motivação pode ser a chave do problema

    Sendo estas competências fundamentais, é importante também, enquanto chefe, supervisor, gerente ou diretor, saber identificar as mesmas, reconhecer quem as possui de forma a saber distinguir um colaborador bom, daquele que irá futuramente levar a empresa para novos patamares. Mas será que basta ter os critérios de seleção apropriados. Será a fase de seleção suficiente?

    O processo de integração numa empresa pode ser considerado como algo delicado, sendo constituído por várias fases, tais como a fase de integração e adaptação, a aprendizagem, o acrescer de responsabilidades, o exercer de novas funções, e, algo que por vezes pode ser difícil, manter a motivação.

    De acordo com Abraham Maslow, saber motivar funcionários é meio caminho andado para garantir o sucesso da sua empresa, envolvendo vários fatores e competências que devem ser desenvolvidas e postas em prática. A leitura do artigo “Como motivar funcionários de forma rápida, prática e eficaz”, de Gustavo Paulillo, leva a várias conclusões fascinantes. No entanto, é relevante destacar o principal fator que vai de encontro às características na qual a Pro Unicenter se foca: formação e capacitação. A falta de capacidade de motivar, gerir, instruir e liderar um conjunto de trabalhadores, pode influenciar diretamente o rendimento e compromisso dos mesmos. É fundamental transmitir que todos os processos e aspetos relacionados com a empresa, são realizados com pleno domínio técnico, teórico e prático. Para ensinar, é preciso saber fazer, e é preciso fazer bem.

    Em jeito de conclusão, é possível afirmar que o investimento que fazemos em nós próprios de forma a desenvolver as nossas competências é algo indispensável. Um bom profissional, líder e dirigente orgulha-se de preservar qualidades e competências que distinguem um colaborador de uma referência, um exemplo a seguir.

     

     

    Referências bibliográficas:

    Paulillo, G. (2020). Como motivar funcionários de forma rápida, prática e eficaz. Disponível em: https://www.agendor.com.br/blog/como-motivar-funcionarios/ [Acedido em março 11, 2021].

    Kitsantas, A., Robert, A. R., Doster, J. (2004). Developing Self-Regulated Learners: Goal Setting, Self-Evaluation, and Organizational Signals During Acquisition of Procedural Skills. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/241740012_Developing_Self-Regulated_Learners_Goal_Setting_Self-Evaluation_and_Organizational_Signals_During_Acquisition_of_Procedural_Skills/citations [Acedido em março 11, 2021].

    Jonathan Pertzborn

    Publicado em: 
    20. Março 2021

    ESTAMOS A RECRUTAR - Consultor(a) Educacional/Comercial - Lisboa

    Enviado por prounicenter em 18. Junho 2019 - 16:26

    Somos um Grupo de dimensão Nacional na área da Formação Profissional e Consultoria, certificado acreditado há mais de 25 anos, que tem como objetivo a Excelência, sentindo um enorme orgulho na qualidade superior dos serviços que oferecemos aos nossos clientes. Enquadrado no nosso plano estratégico, o Instituto Unicenter, delegação de Lisboa, pretende recrutar:

    Consultor Educacional/Comercial (M/F)

    Objetivo da função:

    • Atendimento ao público em geral e Comercialização dos seus serviços;
    • Apresentação Comercial e Pedagógica dos serviços e oferta formativa aos potenciais clientes que visitam os nossos centros de formação;
    • Inscrever administrativamente potenciais clientes no âmbito da nossa oferta formativa;
    • Reinscrever atuais clientes em novos cursos de continuidade.

    Requisitos:

    • Licenciatura preferencialmente em áreas de Psicologia Educacional, Relações Públicas, Educação, Comunicação Empresarial;
    • Experiência profissional mínimo de 2 anos;
    • Comunicação fluente e capacidade para trabalho em equipa;
    • Com experiência profissional;
    • Boa apresentação pessoal;
    • Flexibilidade horária;
    • Disponibilidade imediata.

    Oferta:

    • Integração em Instituição de elevado prestígio;
    • Recompensa ao nível das competências e do desempenho;
    • Boas condições de desenvolvimento pessoal e profissional.
    • Formação inicial remunerada;
    • Contrato de trabalho a termo certo;
    • Remuneração fixa + variável;
    • Prémios de Produtividade e de Desempenho;
    • Horário Full-time.
    • Entrada Imediata

    Verifique nesta página as ofertas que temos ativas e deixe-nos o seu curriculo para que possamos entrar em contacto consigo.

    Publicado em: 
    18. Junho 2019

    ESTAMOS A RECRUTAR - Consultor Comercial de Formação e Projetos (F/M) - Porto

    Enviado por prounicenter em 18. Junho 2019 - 16:20

    O Instituto Unicenter, Grupo líder na área da Formação Profissional e Educacional, está a recrutar um (a) Consultor (a) Comercial e de Projetos na Área da Formação Profissional e Educacional, para a sua Delegação do Porto, full-time:

    FUNÇÃO:

    •     Desenvolver e executar Consultoria Comercial e de Gestão de Projetos Educacionais
    •     Atendimento ao Cliente e Realização de Diagnósticos de Necessidades de Formação
    •     Divulgação e Promoção das várias marcas do Grupo
    •     Gestão de Projetos Educacionais e Profissionais
    •     Comercialização dos Serviços de Formação
    •     Gestão Administrativa dos Processos dos Formandos

    PERFIL:

    •     Experiência Profissional mínima 2 anos
    •     Formação preferencialmente em áreas de Psicologia Educacional, Comunicação, Gestão ou Ciências da Educação
    •     Fortes competências sociais e sensibilidade comercial
    •     Capacidade de comunicação e promotora de contatos sociais
    •     Competências informáticas na ótica do utilizador e na língua inglesa
    •     Capacidade para trabalhar em equipa 
    •     Boa apresentação formal e profissional adequada ao cargo
    •     Disponibilidade Imediata

    CONDIÇÕES:

    •     Formação inicial remunerada e de desenvolvimento contínuo
    •     Integração numa equipa profissional e experiente
    •     Contrato de trabalho
    •     Componente Salarial: Vencimento Fixo+Subsídio de Alimentação
    •     Prémios de Produtividade e de Desempenho
    •     Progressão e construção de carreira

    Verifique nesta página as ofertas que temos ativas e deixe-nos o seu curriculo para que possamos entrar em contacto consigo.

    Publicado em: 
    12. Janeiro 2021

    ESTAMOS A RECRUTAR

    Enviado por prounicenter em 23. Janeiro 2017 - 18:29

    A Pró Unicenter é especializada no recrutamento de quadros médios e superiores.

    Temos vários clientes importantes na area da indústria, engenharia, serviços financeiros, Tecnologias da informação, Vendas, Retalho, Administrativa, entre outros, que pretendem reforçar a sua estrutura com a admissão de colaboradores especializados.

    Verifique nesta página as ofertas que temos ativas e deixe-nos o seu curriculo para que possamos entrar em contacto consigo.

    Publicado em: 
    23. Janeiro 2017

     “Considerando os avanços nos campos de intervenções da orientação profissional e o surgimento de muitas abordagens psicológicas mostradas durante o desenvolvimento da sua evolução, este trabalho tem como objetivo identificar os novos campos de intervenções da orientação profissional, identificar os tipos de abordagens, as mais utilizadas e a mais recente, e assim, compreender o processo de orientação profissional a partir de 1998. Através de uma pesquisa bibliográfica realizada por artigos, dissertações, livros, revistas electrónicas e páginas da Internet foi constatado o surgimento de vários campos de intervenções em OP, para diferentes públicos de diferentes idades. Concluiu-se que a escolha profissional, mesmo através da orientação profissional, não é para a vida toda, pois as vivências do homem ao longo da vida têm construções, desconstruções e mudanças de paradigmas.”

    Valéria Barreto de Pinho

    (Graduada em Psicologia pelo Centro Universitário Jorge Amado

    Salvador da Baía – Brasil 2013)

    in http://www.psicologia.pt/artigos/ver_artigo.php?codigo=A0799

    Publicado em: 
    9. Dezembro 2015

    GESTÃO INTEGRADA DE TALENTO Vantagem Competitiva na Sua Empresa

    Enviado por prounicenter em 10. Dezembro 2015 - 13:27

    Atualmente e cada vez mais, as companhias de sucesso adequam o talento certo ao lugar certo, seja a que nível for – ultrapassando o momento e projetando o negócio para o futuro. Como? Através da integração adequada da gestão de talento. 


    Esse processo sucede com a redefinição e alinhamento da sua estratégia de gestão de talento, das diretrizes e métodos, tornando a sua abordagem sistemática e integrada no comportamento dos líderes, além de dever ser parte integrante de todas as práticas dos seus colaboradores diretos. Assim, haverá sempre uma solução de gestão de talento integrada, exclusiva para cada organização, dependendo diretamente da situação negocial da companhia, adaptada aos desafios futuros, interagindo num sistema simples e agilizado.

    Nessa continuidade, procurar especialistas com competencias transversais aos diversos aspetos a considerar, é hoje uma necessidade, mais do que uma opção ou/e alternativa.

    Quem sabe, pode ajudar; e quem precisa mune-se dos melhores para atingir a excelência… 

    Publicado em: 
    10. Dezembro 2015

    DESAFIE-SE. Torne-se um Avaliador de Asssessment/Development Center Certificado!

    Enviado por prounicenter em 26. Fevereiro 2015 - 17:04

    A área de gestão de pessoas afigura-se um desafio e, como todos eles, a energia que é direcionada de modo obstinado em prol de um objetivo converte-se em felicidade e motivação quando o atingimos.

    Na função de gerir pessoas é relevante saber avaliar para, a posteriori, conseguir desenvolvê-las no caminho certo e em função da estratégia organizacional. Com efeito, disponibilizamos “ferramentas” para avaliação e desenvolvimento de competências.

    Eis o desafio que (em conjunto) lhe propomos: torne-se um Avaliador de Assessment/Development Center Certificado!

    Publicado em: 
    26. Fevereiro 2015

    CATIA – Projete em 3D com maior eficácia!

    Enviado por prounicenter em 26. Fevereiro 2015 - 12:29

    A Pro Unicenter, enquanto consultora que coadjuva os seus parceiros a atingir resultados com o seu portfólio de serviços, está a promover ciclos de certificação no software CATIA V/5 Fundamentals, com a duração de 40 horas, nas instalações próprias (Porto e Lisboa), bem como em todo o país (dependendo do nº de formandos).


    A formação, de modo simples, tem por objetivo ser mais eficaz em projetar em 3D para (essencialmente mas não em exclusivo) a indústria automóvel e aeronáutica. No final deste curso os participantes estarão em condições de conhecer as funções e metodologia necessária para a criação e análise de peças em CATIA V5 assim como leitura de geometria vinda de outros formatos CAD.

     

    Publicado em: 
    26. Fevereiro 2015

    A evolução das exigências do mercado recrutador que passam, crescentemente, a centrar-se na avaliação da capacidade de um recrutado vir a desempenhar a função para a qual será escolhido, de acordo com os parâmetros comportamentais e de competências que as empresas recrutadoras definem e o mercado de trabalho exige, levaram a Universidade Católica Portuguesa – Faculdade de Economia e Gestão a desenvolver e implementar no seu pólo do Porto um gabinete para trabalhar as competências pessoais dos seus alunos, chamado PIC (Portfólio...